Guilda do Macaco — Bastidores — Calamis, o elfo

Hoje, 20:30h, acontece o terceiro episódio da nova Guilda do Macaco! Mas antes, que tal saber um pouco mais sobre nosso elfo preferido e seu autor, Gustavo Brauner?

CalamisTodo mundo tem um personagem favorito. No meu caso, é Calamis, não por coincidência, meu personagem da Guilda do Macaco.

Calamis já teve diversas encarnações. Para mim, ele é muito mais que um personagem; é um conceito. Neste artigo você vai conhecer um pouquinho mais sobre ele e nossa história jogando RPG.

Origem
Calamis é meu personagem favorito. Não é o mais antigo, mas é de longe aquele com o qual mais gosto de jogar. De certa maneira, é como se eu sempre tivesse jogado com ele, mesmo quando usava outro nome — pelo menos quando eu jogava com alguma combinação de arqueiro e conjurador.

Ele surgiu nas minhas campanhas nos anos 90. Seu nome vem de uma lista que escrevi lá por 1996-97, como você vai ver abaixo. Mas, como herói arqueiro e conjurador, ele é bem mais antigo. Praticamente todo arqueiro-espadachim-conjurador com quem joguei antes de Calamis tinha um pouquinho dele.


Calamis-GandalfInspiração

Calamis vem das histórias de capa e espada, especialmente dos filmes e séries de aventura como Zorro (com Guy Williams), Os Três Mosqueteiros, Conan (os filmes do Schwarzenegger), Krull e, é claro, Star Wars. Mas a inspiração mais forte talvez seja Robin Hood (especialmente os filmes com Errol Flynn e Douglas Fairbanks).

Gosto do conceito do herói que sabe se virar no corpo a corpo, especialmente um espadachim, mas que também usa arco (ou besta, ou pistola, ou… blaster!). Também curto heróis que tenham múltiplas habilidades — provavelmente algo que trago dos heróis de ação dos anos 70-80, que eram bons em combate, mas também sabiam pilotar, dirigir e fazer várias outras coisas (como os GIJoe — qualquer mergulhador sabia pilotar jatos de combate). Em Tormenta RPG, isso encaixa bem com a classe ranger.

Calamis também tem influência da literatura. Ele tem semelhanças com Aragorn e Legolas (de O Senhor dos Anéis), e Aragorn talvez seja sua influência literária mais forte, mas outro herói também me influenciou bastante: Tanis Meio-Elfo, das Crônicas de Dragonlance.

O lado conjurador de Calamis vem de Merlin, das histórias do Rei Artur, e também de Gandalf, de O Senhor dos Anéis — mas admito que Gandalf me atrai mais pelo lado sábio e viajante do que pelo lado conjurador. Gosto de conjuradores pelo mesmo motivo que prefiro ranger a outras classes voltadas para o combate: suas habilidades de classe, especialmente as magias, deixam o personagem mais versátil.

Calamis-Douglas Fairbanks

Personalidade
A personalidade de Calamis tem grande influência de Robin Hood, com pitadas de Merlin (especialmente o de Excalibur), Aragorn e Gandalf. Curto heróis com personalidade forte, porém leve, com uma pitada de ironia e que não perdem o bom humor mesmo frente à morte. Gosto de heróis um pouco mais cultos ou com pelo menos alguns conhecimentos além de combate. Também valorizo personagens sábios, que têm a palavra certa para a hora certa.

Calamis é e sempre foi aventureiro e explorador. Gosta de viajar e conhecer novos povos e terras. Eu curto aventuras no estilo dungeoncrawl (talvez mais como mestre do que como jogador) e isso se reflete na personalidade dele. Em qualquer game, uma das coisas que mais gosto de fazer é fuçar pelo cenário, explorando cada pedacinho do mundo de jogo. Passo mais tempo desbravando cenários do que resolvendo quests

Além de brincalhão, Calamis também é um pouco implicante. Normalmente gosta de fazer troça com qualquer um muito cheio de si ou que leve a si mesmo muito a sério (como um certo Mastim Mutilado…). Do lado da brincadeira, Calamis usa um tapa-olho que troca de um olho para outro de vez em quando, apenas para causar confusão. E mente a idade para dois anos para menos (“porque sim!”).

Nome
“Calamis” é um nome inventado por mim. Eu costumava fazer listas e mais listas de nomes, tanto para personagens do mestre quanto para heróis aventureiros e “Calamis” era um deles. Curiosidade: o nome imediatamente abaixo de “Calamis” em uma das minhas listas era “Mitelus”, o líder da Vingança Élfica (que você acompanha na Só Aventuras Vol. 2).

Calamis-LotRVisual
O visual de Calamis sempre teve três inspirações principais: Robin Hood, Warcraft e Tanis Meio-Elfo. Depois sofreu influência de O Senhor dos Anéis (lembrem-se que Calamis nasceu antes dessa trilogia de filmes), mas principalmente de ilustrações de RPG. As imagens deste artigo são todas influências para seu visual passado e presente.

Como Calamis também é um conjurador, seu visual não exige armadura (compensada com Destreza alta e magias como armadura arcana e escudo arcano). Por normalmente ser ranger, dou preferência para motivos silvestres, com detalhes no formato de galhos e folhas. Paara a encarnação da Guilda do Macaco, aproveitei trajes e acessórios do Manual do Malandro, como traje camuflado, máscara bucal e tapa-olho.

O tapa-olho é recente, e surgiu em The Lord of the Rings Online, mas apenas como um item cosmético. Diz mais sobre a personalidade de Calamis do que sobre sua saúde e condição física. Capa e capuz completam o visual quintessencial desse personagem inspirado em Aragorn e Robin Hood.

Calamis - TanisEm RPG
Calamis teve diversas encarnações. Como eu disse, ele é mais um conceito do que um único personagem. Para mim, ele é o herói quintessencial de capa, espada e arco.

Joguei inúmeras aventuras com ele. Calamis já foi humano, elfo e meio-elfo. Já foi guerreiro, guerreiro/mago, guerreiro/clérigo, ranger, ranger/mago, ranger/clérigo e até Jedi. Acho que ele esteve em mais universos de fantasia do que consigo lembrar — de cenários caseiros a oficiais.

Uma das campanhas mais memoráveis de RPG com Calamis foi em GURPS, mestrada por Roger Medeiros, ilustrador de Tormenta RPG. Naquela encarnação, Calamis era um elfo espadachim/arqueiro/ranger/mago, discípulo do Grande Mago da Floresta de Outrora (chamada “Floresta de Yore” em traduções mais antigas). A campanha se passava no mundo de Titã, cenário da maioria dos livros-jogos da série Fighting Fantasy (publicados pela Jambô). Ainda hoje relembramos “causos” daquela campanha.

Também jogo com Calamis em MMOs, como Ultima Online, World of Warcraft, Guild Wars e Star Wars: The Old Republic. Mas minha encarnação preferida dele é em The Lord of the Rings Online — onde ele é um elfo hunter (espécie de ranger) de Lothlórien — e vive aventuras na Terra-Média desde 2008.

Calamis passou por quase todos os sistemas de RPG que joguei, especialmente os de fantasia. Suas encarnações mais memoráveis passaram por AD&D, D&D, Star Wars, Dungeoneer, GURPS… E, agora, ele chega de forma oficial a Tormenta RPG (onde já apareceu como PdM em minhas campanhas).

Guilda Escudo PequenoGuilda do Macaco
A mais nova encarnação de Calamis é a da Guilda do Macaco, stream da campanha de RPG com os principais autores de Tormenta.

Quando começamos a decidir os personagens, Guilherme, o mestre, disse para jogarmos com nossos personagens preferidos (ou, pelo menos, com nosso conceito preferido de personagem). Pensei em Calamis de imediato. Já tinha até o build pronto: ranger/mago. Mas conversando com Guilherme sobre meu background, concordamos que ranger/feiticeiro se encaixaria melhor. Escolhi a raça elfo para o build inicial (ranger/mago), mas ela também se encaixa em meu ranger/feiticeiro.

Decidi pegar a classe variante patrulha dos arqueiros porque acho que se encaixa melhor no histórico do personagem. Nessa encarnação, Calamis não é um ranger clássico, mas um patrulheiro e protetor do Reino da Deusa da Vida. Nesse sentido, feiticeiro também se encaixa melhor no histórico do que mago. Mesmo que eu usasse um mago com a regra variante Sem Preparação (do Manual do Arcano), acho que ser inerentemente mágico fecha mais com meu background. Mago oferece mais magias e, assim, mais versatilidade, mas o histórico se sobrepõe às regras. Também do Manual do Arcano, a linhagem primordial pareceu a escolha natural, mostrando a ligação do personagem com as energias que criaram Arton. “E o que faz Calamis ser um devoto de Allihanna, não de Lena?”, alguém poderia perguntar. Isso fica para o desenrolar da campanha…

Muitos associam o fato de Calamis ser elfo com o fato de eu ter escrito a Vingança Élfica, saga em andamento sobre o contra-ataque dos elfos de Arton contra a Aliança Negra de Thwor Ironfist. Mas isso é mera coincidência! Um elfo se encaixa melhor no histórico que criei para esta encarnação. Por curiosidade, ninguém me cobrou jogar de minotauro, sendo que eu escrevi as Guerras Táuricas! Vai saber…

Na Guilda do Macaco, Calamis é filho de um eiradaan, raça que deu origem aos elfos de Arton. Não nasceu em Lenórienn, mas em Vitália, Reino de Lena, Deusa da Vida. Veio para cá por motivos que ainda não foram revelados, mas se aventura para provar seu amor. A prova de amor exigida não poderia ser maior: destruir a Tormenta!

Deixe seu comentário aqui, ou me procure no Twitter e no Facebook.

Para assistir a Guilda do Macaco ao vivo, siga ou assine nosso canal no Hitbox! Para acompanhar as transmissões passadas, veja nosso canal no YouTube! 

Gustavo Brauner • 05/07/2016

Comentários